quarta-feira, 27 de julho de 2011

PAUL MCCARTNEY ESTÁ MORTO (PARTE 6/11)

O álbum seguinte, sem título mas conhecido como The White Álbum (1968) também traz mais pistas.


Com constantes desentendimentos entre os integrantes durante a gravação do álbum branco, o baterista Ringo Starr se retira da banda até ser convencido pelos outros três a voltar depois de duas semanas, durante este tempo o novo Paul (ou Billy) mostra suas qualidades, substituindo Ringo na bateria em duas músicas, Back In The U.S.S.R. e Dear Prudence.

Nas fotos em close se pode perceber a cicatriz deixada pelas cirurgias plásticas feitas para deixar Billy mais parecido com Paul.


No encarte há uma foto de Paul numa banheira só com o rosto para fora da água em meio a espuma, dando a impressão assustadora de que está morto.


Em outra foto Paul está entrando em um ônibus e duas mãos estranhas aparecem atrás dele como se o estivessem conduzindo para uma viagem final.


Na música Revolution #9 se pode ouvir “My fingers are broken and so is my hair” (meus dedos estão quebrados e meu cabelo também), ao ouvir o verso “number nine” ao inverso surge a mensagem “turn me on dead man” (transforme-me em homem morto).

No final da música I’m So Tired, escutada ao contrário se pode ouvir Lennon dizendo “Paul is dead man, miss him, miss him“ (Paul está morto cara, perdemos ele, perdemos ele).


Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário